A luta dos servidores públicos de Navegantes marca a história do município

A praça em frente à Prefeitura de Navegantes foi palco de um fato histórico na cidade em 2017: a paralisação dos servidores públicos municipais, que insatisfeitos se manifestaram exigindo mudanças e melhores condições de trabalho ao poder executivo. Marcado pela força da classe trabalhadora unida, o dia 27 de setembro registrou na história do município a primeira greve com servidores de todos os setores, reivindicando mais valorização da categoria e direitos desatendidos pelo governo municipal.

O movimento dos servidores resultou em conquistas como a correção no pagamento dos adicionais de insalubridade e a melhoria das condições de trabalho em várias áreas. Servidoras em licença maternidade e servidores em geral em auxílio-doença que tinham prejuízo em sua remuneração deixaram de ser prejudicados, bem como as assistentes sociais, que tiveram sua carga horária reduzida para 30 horas semanais conforme determina a lei federal. Além disso, foi instituído o vale-alimentação.

Alguns dos pontos reivindicados pela classe, as quais a prefeitura ainda não cumpriu em sua totalidade, seguem sendo discutidos com o Sindicato. Recentemente representantes do Sindifoz e dos servidores estiveram reunidos com o prefeito Emílio Vieira e sua equipe de governo para debater tais solicitações. Entre elas está a reformulação do estatuto do servidor, um dos pontos no qual a administração não cumpriu com os prazos estipulados.

Por outro lado, atualmente os servidores estão avaliando a proposta do governo municipal para a revisão da tabela salarial, mais uma reivindicação do movimento grevista de 2017. A proposta foi elaborada através de um estudo comparativo com os salários das cidades da AMFRI e apresentada ao Sindifoz.

Com base nos dados, a defasagem dos salários dos servidores de Navegantes foi apurada perante os demais municípios. Os trabalhadores estão avaliando o estudo e as propostas estão sendo debatidas em conjunto pelos servidores. Dessa forma, a diretoria do Sindicato pretende dar um parecer ao governo municipal diante do que apresentado.

Para o Presidente do Sindifoz, Francisco Johanssen, a união dos servidores públicos municipal de Navegantes tem mostrado força e determinação, alcançando conquistas históricas para a categoria, aprimorando cada vez mais os serviços prestados a comunidade.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *