Prefeito de Itajaí assina projeto de lei que equivale salário dos Agentes Comunitários de Endemias com os Agentes Comunitários de Saúde

Após muita luta dos Agentes Comunitários de Endemias (ACE) junto do Sindifoz, o prefeito de Itajaí Volnei Morastoni assinou na tarde da última sexta-feira o projeto de lei de equivalência salarial dos ACE com os Agentes Comunitários de Saúde (ACS). O projeto também concede um reajuste às duas categorias, que passarão a receber o salário inicial de R$ 1.836,45 a partir do dia 1º de julho. No mesmo encontro, Volnei também assinou o projeto de lei que autoriza a liberação de um dirigente sindical do Sindifoz, uma conquista considerada histórica pela entidade.

A reivindicação dos ACE vem desde 2018, quando foi colocada na pauta de negociação com o governo municipal pelo Sindifoz. Ainda no ano passado o estudo de impacto financeiro foi concluído e a solicitação voltou à pauta deste ano. Com muita mobilização da categoria durante esse período de espera, na sexta-feira os servidores puderam acompanhar de perto a assinatura do projeto.

Agora o projeto de lei será encaminhado para aprovação da Câmara de Vereadores e em seguida receberá a sanção do prefeito para que entre em vigor, beneficiando cerca de 400 servidores. De acordo com a Prefeitura, os ACE terão um ganho real de 11,88% e os ACS receberão um ganho real de 2,56%.

Já a liberação do dirigente sindical é uma reivindicação de anos do Sindicato. As negociações avançaram nesse ano quando o presidente do Sindifoz, Francisco Johannsen, apresentou ao prefeito a importância de o Sindicato ter um representante mais próximo dos servidores em seus locais de trabalho, visando contribuir também para a melhoria do serviço público no município. O projeto de lei será enviado para a Câmara de Vereadores para aprovação.







Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *