12 de maio: dia internacional do enfermeiro e da enfermeira

O Sindifoz homenageia todos os profissionais da saúde neste dia internacional do enfermeiro e da enfermeira reafirmando sua luta na defesa destes trabalhadores, que precisam de segurança para poder trabalhar preservando suas vidas. As péssimas condições de trabalho, a falta de equipamentos de proteção individuais (EPIs), o número de mortes destes trabalhadores tornam ainda mais evidente a falta de políticas públicas no Brasil.

Em mais de um ano de pandemia, o Brasil registrou a marca de mais de 50 mil casos de Covid-19 e quase mil mortes de profissionais da saúde por conta da doença. Só em SC, foram registrados mais de 4 mil casos e cerca de 30 óbitos de profissionais de saúde de março de 2020 até hoje. Para o presidente do Sindifoz, Francisco Johannsen, “não podemos deixar que a inércia e a irresponsabilidade dos governos tirem a vida de mais trabalhadores. É preciso valorizar os profissionais da saúde agora, mais do que nunca”.

No Brasil, sempre houve grande disparidade nos salários pagos aos profissionais da Enfermagem, nas capitais e nas cidades do interior. Em SC, a maioria dos sindicatos está em negociação salarial e o discurso patronal é sempre o mesmo, baseado em propostas absurdas de parcelamento de INPC, nenhum aumento real e constante retirada de direitos.

O Sindifoz reivindica aos deputados e senadores a aprovação de um piso salarial para os profissionais da enfermagem e a regulamentação da jornada de trabalho de 30 horas. Viva os enfermeiros e as enfermeiras, nossos grandes heróis nesta batalha contra a Covid-19.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *