Servidores de Navegantes voltam a rejeitar proposta da prefeitura

O plenário da Câmara de Vereadores de Navegantes ficou lotado na noite dessa quarta-feira, dia 6, para a primeira assembleia geral dos servidores públicos municipais no ano. A principal pauta debatida entre a categoria e os representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Região da Foz do Rio Itajaí (Sindifoz) foi a proposta do município para a revisão da tabela salarial dos servidores, um dos pontos cujo prazo foi descumprido em relação ao acordo da greve de 2017.

Os servidores voltaram a rejeitar a proposta do município, tendo em vista defasagens e distorções de valores em alguns cargos na planilha apresentada pela prefeitura. Em outubro de 2018 os servidores já haviam apresentado uma contraproposta, porém somente após o agendamento da assembleia dessa quarta-feira o governo enviou uma resposta oficial ao Sindifoz.

No documento, lido na íntegra na assembleia pelo presidente do Sindicato, Francisco Johannsen, o município alega alto impacto financeiro para não acatar a solicitação da categoria. Entretanto, nenhuma planilha ou estudo foi anexado ao ofício para justificar tal impacto.

Já a elaboração do novo estatuto do servidor público e a revisão das bolsas de estudo – outros itens cujos prazos estipulados no acordo de greve também não foram respeitados – sequer foram citados na resposta enviada pelo município. Dessa forma, o Sindicato buscará marcar uma nova reunião com a prefeitura para debater tais itens junto a uma comissão de servidores, enquanto a próxima assembleia já está pré-agendada para o próximo dia 20, em local a ser definido.

“É importante ressaltar que desde o acordo de greve feito em setembro de 2017, o Sindicato tem acompanhado e se reunido com secretários e o próprio prefeito de Navegantes por várias vezes para dar andamento aos itens acordados. Porém, além de não cumprir os prazos estipulados e algumas vezes estendidos, o governo não tem respondido aos ofícios e solicitações do Sindifoz, desrespeitando os anseios dos servidores”, destaca o presidente do Sindifoz, Francisco Johannsen.

Conselho Deliberativo de Navegantes

A assembleia dessa quarta-feira também marcou a formação do Conselho Deliberativo de Navegantes de acordo com o novo estatuto do Sindifoz. Cinco servidores filiados foram escolhidos para representarem e auxiliarem o Sindicato no município, dando mais celeridade as solicitações e decisões envolvendo a categoria. O Conselho foi formado por Angela Rech, Ranieri Crescêncio dos Santos, Jonas Francisco Arais, Viviane Pereira da Silva, Mirela Leite Mothé, enquanto o servidor João Edson Fagundes é o primeiro suplente.

Conselho Deliberativo do Sindifoz em Navegantes

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *