Sindifoz fica sem resposta da Prefeitura de Itajaí aos pleitos dos servidores

Os servidores públicos de Itajaí participaram na noite dessa terça-feira de mais uma assembleia geral da categoria para apresentação e debate da pauta de reivindicações da campanha salarial de 2019. A intenção do Sindifoz era apresentar aos servidores também uma resposta oficial da prefeitura municipal acerca dos itens solicitados, porém não houve retorno do governo dentro do prazo esperado.

Na última semana uma reunião de representantes dos servidores e do Sindicato com membros da equipe de governo aconteceu para apresentação da pauta, enquanto o prefeito Volnei Morastoni estava em viagem. No encontro, ficou acordado que a equipe de governo iria repassar ao prefeito os pleitos da categoria com a intenção de, ao menos, responder com urgência a itens fundamentais, como concessão da revisão geral anual, tendo em vista que a data-base é em maio, reajuste do vale-alimentação e aumento real no salário.

Além desses itens, o Sindifoz destaca que 17 dos 33 tópicos da pauta não possuem custo ao município e muitos deles já são reivindicações antigas dos trabalhadores. Para o presidente do Sindicato, Francisco Johannsen, “falta vontade política ao governo em atender as solicitações dos servidores. Alguns pontos se arrastam a anos, enquanto outros chegaram a ser debatidos na comissão de negociação formada em 2018, mas não foram cumpridos até o momento”.

Durante a assembleia, os servidores se manifestaram comparando a nova campanha publicitária da Prefeitura de Itajaí, que enaltece o serviço público da cidade como um dos melhores do Estado, com a falta de interesse do governo em reconhecer e valorizar esse trabalho, sem atender a pleitos que visam melhorar ainda mais o atendimento a população.



Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *