Sindifoz contesta resposta do prefeito de Navegantes ao Diarinho

O Sindifoz recebeu com estranheza as declarações que o prefeito de Navegantes, Emílio Vieira, deu ao jornal Diarinho nessa sexta-feira, em matéria publicada no site do veículo de comunicação. No entendimento do Sindicato, ou o prefeito não leu a nota emitida por esta entidade na última semana a respeito da assembleia geral dos servidores do município, ou não recorda o acordo de greve que o mesmo assinou no início de abril.

Ao afirmar que o prefeito não cumpriu o acordo, o Sindicato embasa a sua nota no documento assinado pelo chefe do executivo que previa a entrega da minuta do novo estatuto do servidor até o dia 13 de junho, o que não aconteceu. Vale ressaltar que o estatuto só foi entregue no dia 28 de junho, duas semanas depois do prazo, e atualmente passa pela revisão do Sindifoz para verificar se as modificações definidas pela comissão de revisão estão no arquivo enviado.

O Sindicato também destacou em sua nota que o pagamento da primeira parcela da revisão da tabela salarial dos servidores deveria ser feito em maio, conforme proposta do próprio governo feita em 2018, tendo em vista que o município está abaixo do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O que também não aconteceu até o momento.

A nomeação desses novos cargos em comissão foi citada pelos servidores em assembleia e descrita na nota do Sindifoz como uma reclamação da categoria e um exemplo de que o município está dentro do limite da LRF e, por isso, poderia cumprir o acordo.

Em sua nota o Sindifoz também aponta que a reforma administrativa não está prevista no acordo de greve assinado pelo prefeito, mas foi um tema recorrente nas rodadas de negociação, quando o próprio chefe do executivo utilizou o argumento de que a economia gerada pela reforma poderia contribuir para o cumprimento do acordo.

Por fim, em momento algum o Sindifoz cita o descumprimento do reajuste do vale-alimentação, que foi reconhecido em assembleia como um dos itens cumpridos do documento assinado pelo governo.

Ainda sobre esse tema, na próxima segunda-feira o presidente do Sindifoz, Francisco Johannsen, fará o uso da tribuna da Câmara de Vereadores para falar dos itens descumpridos do acordo de greve, apresentando ao legislativo e a sociedade navegantina qual a posição da categoria.

Confira a nota emitida pelo Sindifoz: https://www.sindicatofoz.com.br/2019/06/28/prefeito-de-navegantes-descumpre-acordo-de-greve/

Confira as respostas dadas pelo prefeito Emílio Vieira através do jornal Diarinho: https://diarinho.com.br/noticias/geral/prefeito-diz-que-falas-do-sindicato-sao-distorcidas/

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *