Sindifoz volta a oficiar o prefeito de Navegantes para que aulas presenciais sejam suspensas

O Sindifoz protocolou no início da tarde desta segunda-feira mais um ofício solicitando ao prefeito de Navegantes a imediata suspensão das aulas presenciais no município.

A solicitação pede que o governo leve em consideração o aumento dos casos de covid-19 no município e, principalmente, o crescimento do número de casos de servidores da Educação, inclusive que acometeu a secretária de Educação, a qual encontra-se hospitalizada por conta da covid-19, além de diversos servidores que em uma semana já se contaminaram.

Na manhã desta segunda-feira, a servidora da Educação de Navegantes, Eliane Mafra, veio a falecer em decorrência do coronavírus. A professora trabalhava atualmente como diretora de RH da Secretaria e, segundo colegas, também aguardava por um leito de UTI para receber o tratamento correto de saúde.

No atual momento de colapso da saúde em Santa Catarina, é necessária uma medida urgente para frear o nível de contaminação no município. O pedido é que as aulas voltam a ser lecionadas apenas na modalidade remota, assim como desempenhadas no ano de 2020, a fim de que as vidas sejam preservadas, tanto dos servidores, quanto dos alunos que frequentam a rede municipal de ensino.

Na noite desta terça-feira o Sindifoz irá realizar uma Assembleia Geral com servidores da Educação de Navegantes através da sua página no Facebook para tratar do retorno às aulas presenciais no município e a atual situação. Durante o dia o Sindicato irá divulgar mais informações a respeito da Assembleia.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *