28 de abril é Dia Mundial da Educação: valorizar a educação é valorizar o servidor

Um 28 de abril diferente. Um Dia Mundial da Educação sem alunos nem professores em muitas salas de aula. E não teria como ser diferente. Em meio à falta de controle da pandemia no Brasil, manter as escolas fechadas é uma das formas de diminuir os riscos de disseminação da Covid-19 para tentar frear o avanço da pandemia.

O Sindifoz aproveita a data para lembrar que o desenvolvimento de um país passa obrigatoriamente pela educação. E, para que ela traga bons resultados, é necessário investimento. Investir em educação é oferecer condições adequadas aos profissionais da área e essa tarefa é do Estado.

Neste contexto de pandemia, garantir as condições necessárias para o desenvolvimento do trabalho destes servidores passa necessariamente por seguir os protocolos de segurança nas escolas para que suas vidas sejam preservadas. Não há como ter um retorno seguro das aulas com tamanho descaso com a escola pública.

Para o presidente do sindicato, Francisco Johannsen, “este dia deve servir para que todos reflitam sobre a importância da luta pela valorização dos servidores públicos da educação. Neste contexto de pandemia, a escola pública não está preparada para enfrentar esta guerra sanitária.”

Saiba mais

O Dia Mundial da Educação surgiu no ano 2000, quando 164 nações se reuniram no Fórum Mundial da Educação de Dacar, no Senegal, para traçar metas para melhorar a educação no mundo.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *