Sem proposta do governo, servidores de Itajaí vão deliberar se retomam greve

Diante da falta de proposta do governo municipal com relação ao pagamento do retroativo da revisão geral anual que todos os servidores têm direito referente ao período de maio de 2020 a julho de 2021, os servidores públicos municipais de Itajaí vão deliberar se retomam a greve da categoria na próxima terça-feira, dia 5, em Assembleia Geral virtual a partir das 19h, que será transmitida pelo Facebook do Sindifoz (www.facebook.com/sindifoz).

A realização da assembleia que pode decretar uma nova paralisação dos servidores de Itajaí ou a judicialização da demanda foi decidida nesta segunda-feira em assembleia virtual promovida pelo Sindifoz junto a categoria.

Apresentar uma proposta para o pagamento do retroativo era um dos acordos firmados em mesa de negociação durante a greve e que levou a categoria a suspender a paralisação após cinco dias de movimento em agosto. Passados os 30 dias de prazo que os servidores deram ao município para que a proposta fosse formulada com base no estudo de impacto feito pelo governo, a Prefeitura de Itajaí segue sem apresentar nenhuma uma resposta ao Sindicato que representa a categoria.

A ausência de proposta do município causou indignação nos servidores que participaram da assembleia de segunda-feira, tendo em vista que o próprio relatório do último quadrimestre publicado pelo município aponta condições reais de caixa para realizar o pagamento do que é de direito dos servidores públicos. Além disso, há outros itens da pauta de reivindicações que ainda não avançaram e que também são solicitados pela categoria.

Posted in Greve Itajaí, News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *