Nota de Esclarecimento – Itajaí

Em virtude do Projeto de Lei 107/2018 protocolado na Câmara de Vereadores de Itajaí e a mensagem 054/2018 anexa ao referido projeto, alguns esclarecimentos se fazem necessários:

Desde o inicio do mês de Abril, o SINDIFOZ tem tentado agendar uma reunião com o Chefe do Poder Executivo de Itajaí a fim de iniciar as tratativas da negociação salarial de 2018, porém sem sucesso. Estas tentativas ocorrem nos dias 13, 25 de abril e pelo oficio 62/2018.
No dia 08 de maio o sindicato juntamente com a comissão de negociação eleita em assembleia, foram até o gabinete do prefeito a fim de tentar uma conversa com o prefeito para dialogar sobre a negociação salarial, porem o prefeito não nos atendeu e designou outros secretários para dialogar.
No dia seguinte (09/05) o Prefeito recebeu o sindicato, em um “encaixe” de sua agenda onde sinalizou verbalmente que concederia apenas a inflação sobre o salários dos servidores e sobre vale alimentação e demais pautas, iria designar comissão para analisar mas que não tinha uma proposta ainda. O presidente do SINDIFOZ ainda alertou sobre os prazos de fechamento de folha e demais trâmites legislativos.
Na assembleia realizada no dia 09/05, diante da ausência de informações financeiras por conta da falta de resposta dos ofícios do Sindicato, restou prejudicada formular qualquer proposta e a assembleia inclusive aprovou uma nota de Repúdio ao prefeito pela ausência das respostas ao Sindicato.
No dia 11/05 o SINDIFOZ protocolou oficio ao prefeito, informando o resultado da assembleia e inclusive solicitando agenda com urgência com Prefeito.
Para surpresa do SINDIFOZ, no dia 15/05 recebemos um oficio do Procurado Geral do Município informando que estaria enviando ao legislativo projeto de Revisão Geral Anual concedendo o percentual de 2,76% referente ao IPCA do período, ao salario dos servidores e o mesmo percentual no vale alimentação e junto deste oficio, recebemos copia do Projeto de Lei que foi protocolado, junto com a mensagem 054/2018 ao projeto onde consta que “tudo em conformidade com as negociações com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Região da Foz do Rio Itajaí”, onde cabe destacar que esta afirmação NÃO CONDIZ COM A REALIDADE DOS FATOS, uma vez que não acatamos qualquer proposta, pois nem negociação ocorreu, sendo que o Prefeito não recebeu o sindicato efetivamente para uma mesa de negociação.
Diante dos acontecimentos, o SINDIFOZ convoca todos os servidores e empregados púbicos para assembleia geral extraordinária no dia 24/05 com inicio as 19h para que a categoria delibere sobre os rumos da negociação salarial 2018.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *