Sem proposta oficial da Prefeitura, servidores de Navegantes vão para o sexto dia de greve

O quinto dia da greve dos servidores públicos de Navegantes foi marcado por um fato novo nessa terça-feira, dia 19. Depois de quatro dias sem responder ou atender ao movimento grevista, o prefeito municipal Emílio Vieira e sua equipe de governo se reuniram no fim da manhã com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Região da Foz do Rio Itajaí (Sindifoz) e dos servidores. Oito vereadores da cidade também participaram da reunião, realizada no gabinete do prefeito.

Apesar do encontro, a Prefeitura não formalizou nenhuma proposta oficial para a categoria, que deliberou pela manutenção da greve ao fim do dia e a paralisação segue na Praça do Coreto, em frente a Prefeitura.

Com mais adesões a cada dia, mais de 700 servidores passaram pelo movimento nessa terça-feira entre os períodos da manhã e da tarde, mostrando o fortalecimento da categoria que luta pelos seus direitos. Enquanto isso, serviços oferecidos a população em áreas como saúde, educação e obras funcionam parcialmente.

Para o presidente do Sindifoz, Francisco Johannsen, ao adiar o avanço das negociações, a prefeitura também atrasa o restabelecimento dos atendimentos a população, que poderia ocorrer com um acordo com os servidores que leve ao encerramento da greve.




Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *