Sindifoz pede suspensão da cobrança de empréstimo consignado de servidores

O Sindifoz entregou ofício aos prefeitos de Itajaí, Navegantes, Penha, Balneário Piçarras, Luiz Alves e Ilhota solicitando que os municípios negociem com as instituições financeiras conveniadas para que suspendam a cobrança de empréstimo consignado aos servidores por, no mínimo, 90 dias, em especial a instituição que opera a folha de pagamento de cada prefeitura. Nos municípios que possuem regime próprio de previdência, a solicitação também é válida para servidores inativos e pensionistas.

A suspensão não deve incidir na cobrança de juros ou encargos e as parcelas devem ser acrescidas no final do contrato. A opção pela suspensão deve ser facultativa, devendo o servidor requerer junto a instituição financeira contratada.

A solicitação se deve às dificuldades financeiras que os servidores municipais e seus familiares vêm enfrentando diante da pandemia de coronavírus.

Posted in News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *